Cansaço.

Posted On 09/09/2009

Filed under Flip

Comments Dropped one response

Cansei
Cansei de companhia
De nada que se traga
Cansei de mim e da hora vaga

Ah, eu cansei
Cansei de me preocupar
De me interessar por opinião
Cansei de você e de multidão

Ah, eu cansei
Cansei de mais uma satisfação
De ficar de joelhos, humilhação
Cansei de casa e de solidão

Ah, eu cansei
Cansei das ilusões
De enxergar logo além
Cansei do ontem e do que ainda vem

Ah, eu cansei
Cansei de nem sei mais o que
De me achar, de me perder
Cansei de ser ou deixar de ser

E de me cansar

F.

As horas.

Posted On 01/09/2009

Filed under Flip

Comments Dropped leave a response

…Eu estou apenas esperando por mãos pra me levarem até hoje a noite
Terceira rodada passando,mais cinco rodadas pra seguir

As horas estão se esticando tais como os lençóis de sua cama
Estou preenchido por distrações em minha cabeça

Tenho que esperar tanto tempo?…

.

F.

Exagero

Posted On 18/08/2009

Filed under Biia

Comments Dropped leave a response

a única palavra pra essa gripezinha aí.

http://www.youtube.com/watch?v=CcgCBiyGljM

 

B.

MORRA

Posted On 04/08/2009

Filed under Flip

Comments Dropped leave a response

Eu não sei por que ainda me importo contigo. Sinceramente, quanto tempo faz? Um, dois anos… Três anos desde o começo de tudo. Três anos desde que me considerei inteiramente apaixonada por ti.

Sabes como doeu te amar?

E parece que essa dor incessante, essa felicidade idealizada ao teu lado nunca alcançada que te faça tão… especial. Exatamente por ser inalcançável.

Não digo que te amo agora, para falar a verdade. Outras pessoas já vieram depois de ti, pessoas que me fizeram feliz, que corresponderam o meu amor; ao contrário de ti.

Tu continuas a se rastejar até ela, para receber em troca um chute, um cuspe, um chifre. Tola, muito tola… Porém eu fazia o mesmo. Era chutada Eu não sei por que ainda me importo contigo. Sinceramente, quanto tempo faz? Um, dois anos… Três anos desde o começo de tudo. Três anos desde que me considerei inteiramente apaixonada por ti.– sou -, usada, pisada, mas mesmo assim continuava a correr atrás de ti. E o pior é que se tu aparecesses aqui, correria atrás de ti como teu adorável cãozinho adestrado. Ofereceria meu corpo cheio de vida para tu sugar, oh, adorável parasita.

Tuas palavras à mim são facas a maioria das vezes. Teus atos me interferem emocionalmente. Tua existência me cria ódio.

Ódio e amor sobrevivem juntos, mas, oh, uma hora um sentimento tem que prevalecer. A indistinguível linha que os separa começa a embaçar, nossos sentidos se perdem no meio da escuridão que agora se torna eterna.

É tão mais fácil lidar com o sentimento de querer te ver morta ao lado de teu grande maravilhoso amor, oh.

Créditos: Minxxx

~


F.

Amicos

Posted On 26/07/2009

Filed under Biia

Comments Dropped leave a response

Faz algum tempo que não entro na internet, consequentemente, não entro no blog também. Não sabia que esses posts bonitos sobre amizade estavam aí, mas li agora e são lindos. Obviamente não escreverei nada à altura, desculpem-me por isso.

Caros amigos (principalmente os daqui do blog),

sei que ando meio ausente, talvez ausente demais, e parte dessa ausência se deve a minha tentativa de dedicação aos estudos, mas isso não é desculpa, amigos merecem todo o tempo do mundo. Vocês são meus motivos de alegria, de saudades, de tudo, até mesmo de “mimimis” (Flipe, oi :*)…
A gente às vezes se decepciona com alguns, percebe que não são realmente amigos, mas aqueles que realmente importam sempre estão em algum lugar pra você, mesmo com desentendimentos e essas coisas bestas (e um dos momentos mais felizes da minha vida foi aquele abraço no meu aniversário do ano passado *-*). Eu só queria agradecer a vocês por me aturarem, por lembrarem de mim, e acima de tudo, por existirem. E desculpem-me por tudo, juro que aparecerei, mesmo que não pessoalmente.

Amo vocês.

 

B.

O valor da amizade.

Posted On 23/07/2009

Filed under Cah

Comments Dropped one response

Você já parou para pensar sobre o valor da amizade?
Às vezes nos encontramos preocupados, ansiosos, em volta há situações complicadas, nos sentindo meio que perdidos, mas somente o fato de conversarmos com um amigo, desabafando o que nos está no íntimo, já nos sentimos melhor, mesmo que as coisas permaneçam inalteradas.
Quantas vezes são os amigos que nos fazem sorrir quando tínhamos vontade de chorar, mas a sua simples presença nos traz de volta o brilho da vida.
A simplicidade das brincadeiras pueris, a conversa informal naqueles momentos de descontração, uma conversa rápida ao telefone, no vai e vem do dia ou da noite, no bate -papo pela Internet, no ambiente do trabalho ou da escola, enfim, em qualquer lugar a qualquer hora.
Entretanto, não existe só alegria, amor, felicidade nesta relação, ela é como qualquer outro relacionamento, passa por crises passageiras, por momentos intempestivos, abalos ocasionais.
Ainda que tenhamos muito carinho pelo amigo em questão, às vezes por insegurança, por ciúmes, por estarmos emocionalmente alterados ou nos sentindo pressionados, acabamos sendo injustos com ele e isso pode ser recíproco.
Podemos comparar esse elo de amizade como o “tempo” que passa por alterações climáticas constantemente, mas é dessa forma que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos e que se desenvolve uma amizade.
Diante do amigo somos nós mesmos, deixamos vir à tona nossos pensamentos a respeito das coisas, da vida, nos mostramos como verdadeiramente somos.
Há amigos que nos ensinam muito, nos fazem enxergar situações que às vezes não percebemos o seu real sentido, compartilham a suas experiência conosco, nos falam usando da verdade que buscamos encontrar.
São eles também que nos chamam a razão, chamando a nossa atenção quando agimos de modo contraditório, que nos dizem coisas que não queremos ouvir, aceitar ou compreender, são eles que são capazes nos fazer enxergar nossos defeitos se espelhando nos defeitos dele.
Ao longo de nossa vida muitos amigos passam por ela e nos deixam saudades, mas também deixam a recordação de tudo que foi vivido. É na amizade verdadeira que encontramos a sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade, fraternidade.
Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir.


Mas vale um segundo com vocês, do que uma vida toda sem os ter conhecido.

Obrigada. <3


De C. para F. e B.

Bons Amigos.

Posted On 22/07/2009

Filed under Flip

Comments Dropped leave a response

“Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!”


Machado de Assis.


~

F.

Sonho muito louco…

Posted On 20/07/2009

Filed under Flip

Comments Dropped 2 responses

T ! diz:
* era uma epidemia mundial, e pra se salvar dela tinha que caçar dois siris e comer, mas tipo a graça era catar os siris, era maior briga eu consegui e me salvei.
*IOJSIAJSOIAJIJSIOAJOIJSOIAJISOJAIJSIOAJIS
* super nada a ver.  .@_@

T ! diz:
* IOJSAOJISOJAIOJSIOAJISJAJSIJASOJIAJSIOAJISOJIJASIOJASJIOAJIOS
* era muito louco, precisava ver.
*tinha uma área que era onde os siris viviam, tipo tava lotadão galera se espancando por causa dos siris.  ‘-‘
*IOSJAIOJSIOAJOSJAIJSAIJSOJASIO
* nunca sonhei algo tão sem noção assim.

T ! diz:
* pior q tinha que comer os siris na frente tipo de um imperador, ele via e te livrava da epidemia.
* IOSJASIAJIJSIAJSOIJAOISJAIOJSIAJSIOJSIOA
*MUITO sem noção. D;

Confesso que estou rindo… AUhAUhaUhAUhAUhAUhuahuAHU
Isso acontece se você comer cupuaçu antes de dormir -n-s-t

UAHuAHuaHuAHUAHUAHUUHA xD


~

F.


Tudo.

Posted On 20/07/2009

Filed under Flip

Comments Dropped one response

Como é que você se sente? Quais são suas razões?
Você sente o amor ou uma falta disso?

O amor é uma ligação sem razão,  um grito por conexão, uma luz em seus olhos.
O amor é uma razão para viver, uma razão para tentar,  uma razão para a vida.

Esqueça o sentimento. Esqueça todas suas razões.
A vida é amor ou a falta disso

O amor é tudo.
O amor é tudo.
O amor é tudo.
O amor é tudo.

Oh amor, você mexe comigo
Oh amor, você mexe comigo
O amor se movimenta em mim
O amor, comova-me.
O amor é tudo

~

F.

Sabe

Posted On 19/07/2009

Filed under Flip

Comments Dropped leave a response

Aquele que não sabe e não sabe que não sabe,
aquele que não sabe e sabe que não sabe,
aquele que sabe e não sabe que sabe,
aquele que sabe e sabe que sabe.


~

F.

Próxima Página »